Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Relvas quer serviço público, mas não sabe com que modelo

Portugal

  • 333

Miguel Relvas quebrou o silêncio sobre o tema da RTP, embora não tenha explicado ainda que modelo defende para a Rádio e Televisão de Portugal

O ministro dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, que tutela a pasta da comunicação social, defendeu hoje que é indispensável manter um serviço público de televisão, mas escusou-se a definir o modelo de negócio a seguir.

Segundo disse, a eventual concessão da RTP1 a privados e extinção da RTP2 -- admitida pelo consultor do Governo António Borges há cerca de duas semanas -- não está definida, estando "a ser feitos estudos para determinar" o modelo.

O ministro, que falou pela primeira vez sobre este assnto à margem da cerimónia de apresentação da Cidade do Futebol, em Lisboa, escusou-se a adiantar pormenores sobre a situação da RTP, afirmando que "tudo tem o seu tempo".