Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Recessão está a abrandar", diz Passos Coelho

Portugal

  • 333

O primeiro-ministro afirmou esta sexta-feira, em Bruxelas, que a recessão em Portugal "está a abrandar" e acrescentou que o Governo conta ter, até ao final do ano, "uma viragem na tendência económica"

Pedro Passos Coelho, que falava no final do Conselho Europeu, destacou o desempenho da atividade económica em Portugal, a subida do índice de produção industrial - hoje divulgada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) - e a existência de uma conta corrente positiva, "pela primeira vez, em dezenas de anos".

"Ao contrário do que aconteceu no último trimestre de 2012, em que a atividade económica afundou em Portugal - foi o país na União Europeia em que a atividade económica mais se afundou, se excluirmos a Grécia -, a verdade é que no primeiro trimestre Portugal esteve já muito perto da média europeia", destacou.

"E a nossa convicção, dos dados mais avançados de que dispomos, é a de que, no segundo trimestre, esta tendência ainda melhorará mais, o que significa que a recessão em Portugal está a abrandar", acrescentou o primeiro-ministro.

Passos Coelho disse que o Governo conta ter, "até ao final do ano, uma viragem na tendência económica", salientando que o executivo está a "fazer tudo e a tomar todas as medidas" para favorecer essa alteração.

De acordo com os dados do INE, o índice de produção industrial aumentou 4,4% em maio deste ano, face ao mês homólogo de 2012, registando a segunda variação positiva desde dezembro do ano passado.