Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Portugal é de Todos": Iniciativa feliz e frutuosa, diz Cavaco

Portugal

Para celebrar os 35 anos do 25 de Abril, VISÃO, Expresso, SIC e o portal AEIOU pediram aos portugueses que enviassem propostas para melhorar o país. As ideias foram, esta sexta-feira, entregues por Francisco Pinto Balsemão ao Presidente. À tarde, foi a vez de Jaime Gama as receber. VEJA O VÍDEO

O Presidente da República recebeu com agrado as propostas dos 1 193 portugueses que participaram no inquérito promovido pelo grupo Impresa. "Não são ideias de quem está sentado nos sofás dos gabinetes", disse

Alberto Frias, Expresso (com telemóvel)

Quando Francisco Pinto Balsemão, presidente do Grupo Impresa, lhe entregou esta sexta-feira, 24, a pen com o conjunto de propostas para melhorar o país que os Portugueses enviaram para os sites da VISÃO, Expresso, SIC e aeiou, o presidente da República não se conteve. Aníbal Cavaco Silva classificou o projecto com que o grupo editorial assinala os 35 anos do 25 de Abril como uma "feliz e frutuosa iniciativa"

A VISÃO, o Expresso, a SIC e o portal AEIOU juntaram-se nesta iniciativa intitulada "Portugal é de Todos", pedindo aos cidadãos que sugerissem ideias que pudessem contribuir para um País.

No total, responderam 1 193 pessoas de norte a sul do País, passando pelas ilhas, mas também portugueses expatriados em dezena e meia de países.

Cavaco Silva admitiu que já conhecia algumas das propostas e considerou existirem algumas bastante sensatas, como as de promoção da criação de "bancos de tempo" em que as organizações que sustentassem essa iniciativa teriam apoios, por exemplo, ao nível fiscal ou no acesso a financiamentos de projectos ou programas.

"É extremamente interessante que essas ideias de cidadãos cheguem agora aos poderes políticos", comentou Cavaco Silva, salientando tratarem-se de propostas concretas. "Não são ideias de quem está sentado nos sofás dos gabinetes", disse.

Entre outras, Francisco Pinto Balsemão salientou os apelos dos cidadãos à celeridade da justiça, a mais referendos de âmbito local e à alteração da lei eleitorais.

Através dos sites de informção do grupo Impresa foi possível enviar propostas subordinadas a três temas: reforçar a liberdade, aprofundar a democracia e construir uma sociedade mais solidária.

A acompanhar Francisco Pinto Balsemão estiveram Pedro Camacho, director da Visão, Henrique Monteiro, director do Expresso, Alcides Vieira, director de informação da SIC e António Coutinho, administrador do AEIOU.

No final da reunião com o chefe de Estado, em declarações aos jornalistas, o presidente da Impresa mostrou-se satisfeito com o resultado da iniciativa conjunta. E garantiu que no futuro vão ser possíveis outras iniciativas que como esta juntem vários órgãos de informação do grupo.

Ao princípio da tarde, Francisco Pinto Balsemão foi entregar as propostas dos portugueses ao presidente da Assembleia da República, Jaime Gama, que as reencaminhará a todos os partidos com assento parlamentar e prometeu divulgar toda a informação recolhida no site da Assembleia da República.