Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Passos Coelho pede aos portugueses "orgulho" nos "sacrifícios"

Portugal

  • 333

O primeiro-ministro pediu, via Facebook,aos portugueses que tenham "orgulho" nos "sacrifícios" que estão a fazer, reconhecendo que "muitos não puderam dar aos filhos um simples presente"

"Este não foi o Natal que merecíamos", lê-se numa mensagem colocada no seu mural naquela rede social, em que Passos Coelho se dirige aos seus "amigos" para admitir que faltaram na mesa de "muitas famílias" os "pratos que se habituaram".

Passos Coelho refere que a situação não lhe é desconhecida: "já nos sentámos em mesas em que a comida esticava para chegar a todos, já demos aos nossos filhos presentes menores porque não tínhamos como dar outros".

O primeiro-ministro salienta que "para muitos, este foi apenas mais um dia num ano cheio de sacrifícios", os mesmos em que pensa "muitas vezes" e "no que estão a sofrer".

"Peço apenas que procurem a força para, quando olharem os vossos filhos e netos, o façam não com pesar mas com o orgulho de quem sabe que os sacrifícios que fazemos hoje, as difíceis decisões que estamos a tomar, fazemo-lo para que os nossos filhos tenham no futuro um Natal melhor", pede Passos Coelho.