Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Passos Coelho anuncia extinção de lugares e entidades públicas

Portugal

O primeiro-ministro anunciou que o Governo vai aprovar o Plano de Redução e Melhoria da Administração Central, que prevê a extinção de 1712 lugares dirigentes e de 137 entidades públicas

O primeiro-ministro anunciou hoje que o Governo vai aprovar na quinta-feira o relatório final do Plano de Redução e Melhoria da Administração Central, que prevê a extinção de 1712 lugares dirigentes e de 137 entidades públicas.

"Serão extintas cerca de 162 entidades no âmbito da Administração Central, serão criadas novas 25 através de fusões de entidades existentes, e isso dá um saldo líquido de cerca de 137 entidades que serão extintas e que beneficiarão a Administração Central para futuro de uma estrutura mais leve que pese menos aos bolsos dos contribuinte", afirmou Pedro Passos Coelho.

O primeiro-ministro acrescentou que "será de 100 milhões de euros o impacto orçamental durante o ano de 2012 que esta medida trará" e, quanto aos 1712 lugares dirigentes a extinguir, referiu que isso "equivale a cerca de 27 por cento de redução".