Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"O Governo que faz coisas ilegais não tem legitimidade para governar" -- Frente Comum

Portugal

  • 333

A coordenadora da Frente Comum dos Sindicatos da Administração Pública, Ana Avoila, considerou hoje a decisão do Tribunal Constitucional (TC) de chumbar quatro artigos "muito curta", defendendo que "um Governo que faz coisas ilegais não tem legitimidade para governar".

Em declarações à Lusa, Ana Avoila considerou "insuficiente" o chumbo do corte do subsídio de férias para o setor público, pensionistas e contratos de docência e investigação, bem como a criação de uma taxa sobre o subsídio de doença e desemprego.

"Temo que a decisão do TC seja muito curta e vamos ver os efeitos", declarou a dirigente sindical, explicando que é "insuficiente" em relação aos pedidos de fiscalização da constitucionalidade.