Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Não podemos ser cínicos", diz Passos Coelho sobre o CDS-PP

Portugal

  • 333

"Não podemos fazer de conta que não existe um problema", terá dito o líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional do seu partido

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, defendeu na reunião da Comissão Política Nacional do PSD, a propósito da relação com o CDS-PP, que não se deve ser cínico e negar que existe um problema.

"Não podemos fazer de conta que não existe um problema. Não podemos ser cínicos", disse Passos Coelho, de acordo com sociais-democratas que participaram na reunião da Comissão Política Nacional do PSD realizada entre as 21:00 horas de quarta-feira e as 2:00 horas de hoje, e da qual saiu um convite à direção do CDS-PP para uma reunião destinada a renovar o apoio ao acordo político de coligação.

Dirigentes sociais-democratas adiantaram à agência Lusa que o presidente do PSD referiu ter ficado espantado com a intervenção feita no domingo pelo presidente do CDS-PP e ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, em que este se demarcou das alterações à Taxa Social Única (TSU).