Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

'Nada de novo', diz Seguro

Portugal

  • 333

O secretário-geral do PS adianta que nas reuniões desta quarta-feira com o primeiro-ministro e a troika não houve no essencial nada de novo e que reafirmou as suas divergências face ao Governo no processo de ajustamento nacional. VEJA AS FOTOS e o VÍDEO

Chegue atrasado Por duas razões: Em primeiro lugar para evitar ter de fazer sala com aquela colega aborrecida com quem nunca trocou uma palavra e que é sempre a primeira a chegar; E em segundo, porque, assim, quando chegar, todos terão uma desculpa para interromper as conversas de circunstância: "Olha quem chegou!"
1 / 10

Chegue atrasado Por duas razões: Em primeiro lugar para evitar ter de fazer sala com aquela colega aborrecida com quem nunca trocou uma palavra e que é sempre a primeira a chegar; E em segundo, porque, assim, quando chegar, todos terão uma desculpa para interromper as conversas de circunstância: "Olha quem chegou!"

Nunca se ofereça para planear... e muito menos para limpar Os "homens a sério", garante a GQ, deixam os detalhes sujos para os outros, porque estão ocupados a ter ideias fantásticas
2 / 10

Nunca se ofereça para planear... e muito menos para limpar Os "homens a sério", garante a GQ, deixam os detalhes sujos para os outros, porque estão ocupados a ter ideias fantásticas

Leve sempre um acompanhante É a melhor desculpa para ser anti-social
3 / 10

Leve sempre um acompanhante É a melhor desculpa para ser anti-social

Guarde as substâncias ilícitas para quando o patrão estiver a falar Pode querer sair dalí quando estiver a ouvir falar do ótimo desempenho da empresa que em nada reverte para si
4 / 10

Guarde as substâncias ilícitas para quando o patrão estiver a falar Pode querer sair dalí quando estiver a ouvir falar do ótimo desempenho da empresa que em nada reverte para si

Guarde as substâncias ilícitas para quando o patrão estiver a falar Pode querer sair dalí quando estiver a ouvir falar do ótimo desempenho da empresa que em nada reverte para si
5 / 10

Guarde as substâncias ilícitas para quando o patrão estiver a falar Pode querer sair dalí quando estiver a ouvir falar do ótimo desempenho da empresa que em nada reverte para si

Guarde as substâncias ilícitas para quando o patrão estiver a falar Pode querer sair dalí quando estiver a ouvir falar do ótimo desempenho da empresa que em nada reverte para si
6 / 10

Guarde as substâncias ilícitas para quando o patrão estiver a falar Pode querer sair dalí quando estiver a ouvir falar do ótimo desempenho da empresa que em nada reverte para si

Guarde as substâncias ilícitas para quando o patrão estiver a falar Pode querer sair dalí quando estiver a ouvir falar do ótimo desempenho da empresa que em nada reverte para si
7 / 10

Guarde as substâncias ilícitas para quando o patrão estiver a falar Pode querer sair dalí quando estiver a ouvir falar do ótimo desempenho da empresa que em nada reverte para si

Guarde as substâncias ilícitas para quando o patrão estiver a falar Pode querer sair dalí quando estiver a ouvir falar do ótimo desempenho da empresa que em nada reverte para si
8 / 10

Guarde as substâncias ilícitas para quando o patrão estiver a falar Pode querer sair dalí quando estiver a ouvir falar do ótimo desempenho da empresa que em nada reverte para si

Guarde as substâncias ilícitas para quando o patrão estiver a falar Pode querer sair dalí quando estiver a ouvir falar do ótimo desempenho da empresa que em nada reverte para si
9 / 10

Guarde as substâncias ilícitas para quando o patrão estiver a falar Pode querer sair dalí quando estiver a ouvir falar do ótimo desempenho da empresa que em nada reverte para si

Guarde as substâncias ilícitas para quando o patrão estiver a falar Pode querer sair dalí quando estiver a ouvir falar do ótimo desempenho da empresa que em nada reverte para si
10 / 10

Guarde as substâncias ilícitas para quando o patrão estiver a falar Pode querer sair dalí quando estiver a ouvir falar do ótimo desempenho da empresa que em nada reverte para si

António José Seguro falava em conferência de imprensa, após ter estado reunido com o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, em São Bento, e com representantes da 'troika' (Banco Central Europeu, Comissão Europeia e Fundo Monetário Internacional) na sede nacional do PS.

"O PS reafirmou todas as suas posições. O PS reafirma que respeitará os compromissos internacionais de Portugal, mas que diverge do Governo no caminho para honrar esses compromissos", declarou António José Seguro.

"No essencial não houve nada de novo, quer na reunião com o Governo, quer na reunião com a 'troika'", considerou o secretário-geral do PS.

Governo chama o PS quando tem uma dificuldade

O secretário-geral do PS disse ter encarado o convite do primeiro-ministro para hoje se reunir consigo como uma iniciativa pontual e afirmou que Passos Coelho chama o PS para falar quando tem uma dificuldade pela frente.

António José Seguro assumiu estas posições em conferência de imprensa, depois de ter estado reunido com o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, e com a 'troika' (Banco Central Europeu, Fundo Monetário Internacional e Comissão Europeia).

Na conferência de imprensa, António José Seguro referiu que não estão agendadas ou previstas mais reuniões com o primeiro-ministro e que o convite de Pedro Passos Coelho para o encontro desta manhã não apenas surpreendeu o PS, mas também "todo o país".

  • VEJA O VÍDEO DA SIC