Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Milhares desfilaram em Lisboa contra a 'troika' e o Governo

Portugal

  • 333

Eram muito menos do que em outras ocasiões, mas ainda assim foram muitos os portugueses que se juntaram ao portesto. VEJA AS FOTOS

Chegue atrasado Por duas razões: Em primeiro lugar para evitar ter de fazer sala com aquela colega aborrecida com quem nunca trocou uma palavra e que é sempre a primeira a chegar; E em segundo, porque, assim, quando chegar, todos terão uma desculpa para interromper as conversas de circunstância: "Olha quem chegou!"
1 / 20

Chegue atrasado Por duas razões: Em primeiro lugar para evitar ter de fazer sala com aquela colega aborrecida com quem nunca trocou uma palavra e que é sempre a primeira a chegar; E em segundo, porque, assim, quando chegar, todos terão uma desculpa para interromper as conversas de circunstância: "Olha quem chegou!"

Nunca se ofereça para planear... e muito menos para limpar Os "homens a sério", garante a GQ, deixam os detalhes sujos para os outros, porque estão ocupados a ter ideias fantásticas
2 / 20

Nunca se ofereça para planear... e muito menos para limpar Os "homens a sério", garante a GQ, deixam os detalhes sujos para os outros, porque estão ocupados a ter ideias fantásticas

Leve sempre um acompanhante É a melhor desculpa para ser anti-social
3 / 20

Leve sempre um acompanhante É a melhor desculpa para ser anti-social

Guarde as substâncias ilícitas para quando o patrão estiver a falar Pode querer sair dalí quando estiver a ouvir falar do ótimo desempenho da empresa que em nada reverte para si
4 / 20

Guarde as substâncias ilícitas para quando o patrão estiver a falar Pode querer sair dalí quando estiver a ouvir falar do ótimo desempenho da empresa que em nada reverte para si

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial
5 / 20

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial

Coma antes de ir Com todos os cortes que todas as empresas estão a enfrentar, é melhor não arriscar
6 / 20

Coma antes de ir Com todos os cortes que todas as empresas estão a enfrentar, é melhor não arriscar

Se não for bar aberto não é uma festa Neste caso, o melhor é mesmo desistir
7 / 20

Se não for bar aberto não é uma festa Neste caso, o melhor é mesmo desistir

Não se envolva sexualmente com um colega Há um dia seguinte. De trabalho. É bom não esquecer
8 / 20

Não se envolva sexualmente com um colega Há um dia seguinte. De trabalho. É bom não esquecer

Adele
9 / 20

Adele

Rita Pereira
10 / 20

Rita Pereira

Bernardo Sassetti
11 / 20

Bernardo Sassetti

Thanks Dad. #astonmartin
12 / 20

Thanks Dad. #astonmartin

Watch Wednesday #rkoi by calliedweber #rolex #hermes
13 / 20

Watch Wednesday #rkoi by calliedweber #rolex #hermes

My new yellow diamond. by samikaziii
14 / 20

My new yellow diamond. by samikaziii

Just a little clothes shopping. by thatsoalexandra
15 / 20

Just a little clothes shopping. by thatsoalexandra

Just a little clothes shopping. by thatsoalexandra
16 / 20

Just a little clothes shopping. by thatsoalexandra

Just a little clothes shopping. by thatsoalexandra
17 / 20

Just a little clothes shopping. by thatsoalexandra

Just a little clothes shopping. by thatsoalexandra
18 / 20

Just a little clothes shopping. by thatsoalexandra

Just a little clothes shopping. by thatsoalexandra
19 / 20

Just a little clothes shopping. by thatsoalexandra

Just a little clothes shopping. by thatsoalexandra
20 / 20

Just a little clothes shopping. by thatsoalexandra

Milhares de pessoas participaram este sábado na manifestação promovida pelo movimento "Que se lixe a 'troika'", que junta nas ruas de Lisboa, várias gerações para mostrar indignação contra as políticas do Governo e pedem a saída da 'troika'.

Bandeiras de Portugal e vários cartazes artesanais são empunhados pelos manifestantes, que gritam palavras de ordem como "Está na hora de o Governo se ir embora", "Sai da toca, coelho", "Nós só queremos coelho à caçador", "Um, dois, três, Abril outra vez" ou "Vamos lá ver quem define o meu salário, se o povo unido ou o fundo monetário".

Muitos dos cartazes que os manifestantes trouxeram para o protesto dizem: "Governo: Rua", "Gatunos", Ladrões" ou "Não à 'troika', não à fome".

Ao fim da tarde, cerca de duas mil pessoas continuavam concentradas junto à Assembleia da República, em Lisboa, depois de terem participado na manifestação promovida pelo movimento "Que se lixe a 'troika'".

Ao som de música de intervenção, os manifestantes batem palmas, cantam e gritam: "Está na hora do Governo se ir embora" e "Assassinos. Assassinos".

Entretanto muitos dos que se juntaram aos protestos no percurso entre o Rossio e o Parlamento começaram a desmobilizar, sobretudo famílias e idosos.