Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Miguel Relvas: "Portugal não pode ter qualquer crise política"

Portugal

  • 333

"É muito importante que, em nome dos portugueses e dos sacrifícios que têm feito, que todos continuem a rumar para o mesmo lado", lembra o ministro Adjunto. VEJA O VÍDEO

VEJA O VÍDEO DA SIC

O ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, afirmou na terça-feira, no Brasil, que este não é momento para divergências políticas e que é importante para o país que todos "rumem" para o mesmo lado.

"Portugal não precisa, não pode, não deve ter qualquer tipo de crise [política]. Parece que na cabeça de alguns há a vontade de uma crise política, colocar em causa a estabilidade, não é esse o caminho", afirmou o ministro, ao acrescentar que o caminho é continuar a dar condições para as empresas portugueses exportarem.

"É muito importante que, em nome dos portugueses e dos sacrifícios que têm feito, que todos continuem a rumar para o mesmo lado", reforçou Relvas, à margem do jantar de comemoração dos 101 anos da Cámara de Comércio Portuguesa no Rio de Janeiro.