Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Maria Luís Albuquerque chega a Ministra das Finanças no meio dos polémicos 'swap'

Portugal

  • 333

Liete Quintal

Conheça melho quem é a mulher escolhida por Pedro Passos Coelho para conduzir os destinos financeiros do país

Maria Luís Albuquerque chega a ministra das Finanças no meio da polémica dos 'swap', dois anos depois de entrar no Governo vinda do Instituto que gere a dívida pública e com uma candidatura pelo PSD em Setúbal no currículo.

Licenciada em Economia pela Universidade Lusíada de Lisboa, mestre em Economia Monetária e Financeira pelo ISEG (Instituto Superior de Economia e Gestão), Maria Luís Albuquerque chegou ao Governo em 2011, aos 44 anos, para liderar a secretaria de Estado do Tesouro e Finanças. Isto no mesmo ano em que a amizade a Passos Coelho, de quem foi professora, a leva a aceitar ser cabeça-de-lista do PSD em Setúbal, nas legislativas, o que considerou um "batismo de fogo" para quem se estava a iniciar na política ativa.

De perfil discreto, esteve envolvida na venda do BPN ao BIC e nas privatizações de empresas como EDP e REN. Isto antes de em outubro de 2012 o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, ter decidido separar as pastas das Finanças e do Tesouro, ficando a secretaria de Estado das Finanças a cargo de Manuel Rodrigues e mantendo-se Maria Luís Albuquerque com a pasta do Tesouro.