Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Jovens vandalizam bancos em Matosinhos em protesto contra "fascismo económico"

Portugal

  • 333

Dois jovens partiram montras em protesto contra o que dizem "representar o fascismo económico". Vão a tribunal ainda hoje e o MP pede apresentações periódicas às autoridades VEJA AS FOTOS enviadas por leitores da VISÃO

#rkoi sunday by bfsingleton
1 / 6

#rkoi sunday by bfsingleton

Duckling. #london by sssixtynine
2 / 6

Duckling. #london by sssixtynine

Let’s go. #tbt #yacht by raphaelzacharycattan
3 / 6

Let’s go. #tbt #yacht by raphaelzacharycattan

Backyard view. Why am I not sleeping like everyone else? by lauriechoward
4 / 6

Backyard view. Why am I not sleeping like everyone else? by lauriechoward

24 hours ago. Preparing for the hurricane. #stregis #roomservice by saraha55
5 / 6

24 hours ago. Preparing for the hurricane. #stregis #roomservice by saraha55

Bowling alley in the house? Sure. #belair by chnlls
6 / 6

Bowling alley in the house? Sure. #belair by chnlls

Segundo fonte do Comando Metropolitano da PSP do Porto à Lusa, os dois jovens, um da Maia e outro do Porto, foram detidos cerca das 1h35.

Foram-lhes também apreendidos gorros e os martelos que usaram para destruir os vidros das agências bancárias.

A VISÃO soube, por fonte anónima ligada ao processo que os dois jovens estudantes, de 18 e 19 anos, assumiram os actos e justificam-nos como "forma de protesto contra as instituições bancárias, uma vez que representam fascismo económico".

Os detidos deverão ser ouvidos ainda esta manhã no Tribunal de Instrução Criminal, no Porto. O Ministério Público pede, como medida de promoção, apresentações periódicas às autoridades.