Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Granadeiro sentiu-se "encornado"

Portugal

Granadeiro diz que foi o último a saber do envolvimento da PT no alegado plano do Governo para controlar os media. E revela um e-mail onde o advogado João Carlos Silva diz que as escutas são "falsas". LEIA A TROCA DE E-MAILS

Henrique Granadeiro, presidente não executivo da Portugal Telecom, sente-se "encornado" com a descoberta de que a PT fazia parte de um alegado plano do Governo de José Sócrates para controlar a Comunicação Social, revelado nas escutas publicadas pelo semanário "Sol". Granadeiro "não sabia nem desconfiava" do envolvimento da empresa nesse plano, mas admite: "Pode ter acontecido, à minha revelia". À pergunta da VISÃO online sobre o que sentiu depois de ter tomado conhecimento dos factos divulgados pelo "Sol", respondeu: "Encornado!". E, de seguida, riu-se.

Granadeiro disse já ter falado sobre o assunto com Zeinal Bava, presidente executivo da PT, mas escusou-se a revelar o teor da conversa. Garantiu que "ninguém se demitiu, mas também ninguém é arguido". As restantes explicações reservou-as, em primeiro lugar, para a própria empresa e, de seguida, para o Parlamento, caso venha a ser chamado pelos deputados para prestar esclarecimentos. Recordou ainda que sempre se mostrou contra o envolvimento da PT na compra da TVI, por discordar do regresso da empresa ao negócio dos conteúdos. O gestor chegou a ser presidente da Lusomundo Media, que consistiu na primeira incursão da PT nos conteúdos.

Henrique Granadeiro referiu ainda um e-mail recebido do advogado e ex-presidente da RTP, João Carlos Silva, às 12h31m da manhã de hoje, onde este garante ao chairman da PT que a parte das escutas onde os nomes de ambos são citados é "falsa". A VISÃO transcreve de seguida a troca de e-mails:

TROCA DE EMAILS

From: Henrique Manuel Fusco Granadeiro

Sent: sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2010 16:53

To: 'João Carlos Silva'

Subject: RE: Para entrega ao Sr. Dr. Henrique Granadeiro

Sr. João Carlos Silva,

Agradeço a sua informação. De facto, achei muito estranho que V.Exa. se tivesse referido a mim em tais termos, quando não houve nunca entre nós qualquer contacto nem sobre este, nem sobre outro qualquer assunto.

Tendo tal falsidade que lhe é atribuída sido publicada, agradeço-lhe que torne público o seu desmentido.

Com os melhores cumprimentos,

Henrique Granadeiro

 

 

From: João Carlos Silva [mailto:XXXXXXXXX]

Sent: sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2010 12:31

To: Maria Cristina Luna Pais Dias

Subject: Para entrega ao Sr. Dr. Henrique Granadeiro

D. Cristina Dias, agradeço o obséquio de entregar esta comunicação ao Exmo. Sr. Dr. Henrique Granadeiro:

Exmo. Sr. Dr. Henrique Granadeiro,

O Jornal SOL divulga hoje, na página 6, uma alegada escuta de uma conversa que teria ocorrido entre mim e o Dr. Paulo Penedos. Aí é referido: "João Carlos Silva garante que Henrique Granadeiro apenas se portou bem porque 'lhe ligou cinco vezes e exigiu que ele falasse com o chefe, que já estava aos berros'".

Não posso deixar de o informar que é completamente falso que eu alguma vez tivesse participado em qualquer conversa telefónica ou pessoal, seja com quem for, que envolvesse ou referisse o nome de V. Exa., seja a que título for. A alegada escuta não existe, não pode existir porque a conversa telefónica que relata nunca existiu. O que vem no jornal é falso.

Não só, como ambos sabemos, eu nunca tive o prazer de estabelecer qualquer contacto telefónico com V. Exa., como nunca disse a ninguém que o tinha feito (afirmação que só poderia fazer se eu estivesse a mentir - o que não ocorreu).

Já agora, informo-o também que a outra conversa que é relatada no mesmo Jornal com a minha intervenção também não corresponde à verdade.

Peço desculpa de o incomodar sobre este assunto mas, tanto pela consideração que me merece apesar de só nos conhecermos socialmente, como pelo meu interesse em esclarecer esta questão perante si, não poderia deixar de lhe transmitir esta informação, a qual poderá ser utilizada por V. Exa. como entender.

Com muita consideração e os meus melhores cumprimentos,   

JOÃO CARLOS SILVA

Advogado

João Carlos Silva & Associados - Sociedade de Advogados, R.L.

Av. Marechal Gomes da Costa, 511

4150-358 PORTO

PORTUGAL