Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cortes nas pensões de sobrevivência só acima dos 2 mil euros

Portugal

  • 333

Paulo Portas veio comunicar, ao fim de mais de dez horas de Conselho de Ministros que as pensões de sobrevivência só serão cortadas a quem já tiver outras pensões superiores a 2.000 euros

A "condição de recurso" para as pensões de sobrevivência será prestada por quem receba pensões acima de 2.000 euros, anunciou hoje o vice-primeiro-ministro, Paulo Portas.

"A opção do Governo foi: até 2.000 euros as pessoas estão isentas", afirmou Paulo Portas.

O vice-primeiro-ministro falava numa conferência de imprensa na Presidência do Conselho de Ministros, enquanto ainda decorria a reunião extraordinária do Conselho de Ministros, que começou pelas 10:00, ladeado pela ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, e pelo ministro da Segurança Social, Mota Soares, que não intervieram.