Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CDS aceita 'excecionalmente' taxa sobre pensões

Portugal

  • 333

Terminou com um acordo o Conselho de Ministros de domingo, que visava confirmar as condições necessárias ao fecho da sétima avaliação, com o CDS a aceitar "excecionalmente" que possa haver uma "contribuição de sustentabilidade sobre as pensões"

O Conselho de Ministros reuniu-se para confirmar as condições necessárias ao fecho da sétima avaliação, anunciou o Governo, numa nota divulgada no final da reunião.

O CDS aceitou que "excecionalmente" pudesse haver uma "contribuição de sustentabilidade sobre as pensões", revelou fonte do Governo, citada pela SIC Notícias, após o Conselho de Ministros.

"O Conselho de Ministros reuniu para se inteirar da conclusão dos trabalhos relativos ao 7º exame regular e confirmar as condições necessárias ao seu fecho, de modo a que o ministro de Estado e das Finanças possa delas dar nota nas reuniões do ECOFIN e do Eurogrupo que esta segunda-feira se iniciam em Bruxelas", refere a nota.

A reunião extraordinária do Conselho de Ministros terminou domingo perto das 18h00, ao fim de três horas.