Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cavaco diz que já sabe "muito bem" o que fazer no pós-eleições

Portugal

O Presidente da República diz estar preparado para o dia 5 de outubro: "A forma como irei decidir, embora já esteja na minha cabeça, eu não irei revelar nem um centímetro".

O Presidente da República disse hoje que sabe "muito bem aquilo que irá fazer" no pós-eleições e que é "totalmente insensível a quaisquer pressões", mas escusou-se a revelar "um centímetro" da decisão que está na sua "cabeça".

"Quanto ao dia 5, eu estou com muita tranquilidade, sei muito bem aquilo que irei fazer e todos sabem que eu sou totalmente insensível a quaisquer pressões, venham elas de onde vierem. Decidirei nos termos dos meus poderes constitucionais e colocando sempre em primeiro em primeiro lugar o superior interesse nacional", afirmou o chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, em declarações aos jornalistas em Nova Iorque.

Cavaco Silva escusou-se, contudo, a revelar a forma como irá decidir, apesar de afirmar já ter uma solução pensada: "a forma como irei decidir, embora já esteja na minha cabeça, eu não irei revelar nem um centímetro".