Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Apupos, insultos e palavras de ordem na saída dos automóveis dos deputados

Portugal

  • 333

Apupos, insultos e palavras de ordem acompanharam esta tarde a saída dos automóveis dos deputados de uma garagens da Assembleia da República, tendo a Polícia criado um cordão para afastar os manifestantes dos veículos

Os carros sairam do parlamento pela saída lateral da Assembleia da República, virada para a calçada da Estrela, em Lisboa, e elementos da PSP criaram um cordão para permitir a saída das viaturas.

Junto a esta saída concentrou-se cerca de centena e meia de pessoas a gritar palavras de ordem e insultos aos automóveis que saem do edifício.

Alguns manifestantes seguravam cartazes com mensagens contra o Governo e gritam "Está na hora do Governo se ir embora".

"Abaixo regime traidor" e "Passos Coelho vai badamerkel" são outras palavras de ordem.

Até ao momento não se registaram incidentes, tendo apenas se verificado apupos, tão mais acesos quanto mais alta é a gama dos automóveis que saem da garagem do parlamento.

O Parlamento aprovou hoje, na generalidade, com os votos da maioria PSD-CDS/PP, a proposta do Orçamento do Estado para 2013.

Estruturas sindicais e movimentos ligados aos protestos de rua marcaram concentrações junto à Assembleia da República, para assinalarem a votação do Orçamento, que acusam de "hipotecar o futuro" do país.

Uma "vigília de protesto", prevista para se prolongar noite dentro, visa denunciar a austeridade que está a ser imposta aos portugueses e exigir a demissão de "um Governo que está ao mando da 'troika'", como afirmam os vários grupos e movimentos que aderiram ao apelo "Que se lixe a Troika! Este Orçamento não passará".