Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

António Costa vence primárias do PS

Portugal

O secretário-geral do PS, António José Seguro, anunciou a sua demissão da liderança na sequência dos resultados das eleições primárias e felicitou António Costa pelo triunfo neste ato eleitoral

António Costa venceu este domingo as primárias do PS ao recolher 118.454 dos 174.516 votos que os militantes e simpatizantes do partido depositaram nas assembleias de voto.

Com este resultado António Costa conquistou 67,88% dos votos dos socialistas contra apenas 31,65% ou 55.239 votos de António José Seguro.

Os resultados das primárias do PS estão fechados, mas a página da Internet www.psprimarias2014.pt salienta-se serem ainda resultados finais provisórios.

"Primeiro dia dos últimos dias do Governo"

O vencedor das primárias do PS, António Costa, mostrou-se hoje satisfeito com a "força de vontade" que os militantes e simpatizantes mostraram ao votar em si, declarando que hoje é o "primeiro dia dos últimos dias" do Governo.

"Hoje saímos daqui mobilizados e unidos. E concentrados no nosso dever de sermos a oposição que este governo merece e a alternativa que Portugal precisa", disse António Costa numa intervenção de cerca de oito minutos num lotado Fórum Lisboa, na Avenida de Roma, espaçou que albergou centenas de socialistas para ouvir o vencedor da noite eleitoral.

"Este é o primeiro dia de uma nova maioria de governo. É o primeiro dos últimos dias deste Governo", advogou, perante os aplausos e os cânticos de entusiasmo da plateia.

O vencedor disse ainda no discurso de consagração que houve de "forma clara e inequívoca" uma "voz da mudança" para Portugal reclamada pelos militantes e simpatizantes do partido que em si votaram.

"Tudo farei para estar à altura da vossa confiança", disse Costa numa intervenção num lotado Fórum Lisboa, na Avenida de Roma, espaço que albergou centenas de socialistas para ouvir o vencedor da noite eleitoral.

"Os militantes e simpatizantes do PS acorreram às urnas com notável mobilização, em todo o país e nas comunidades portugueses no mundo", declarou o vencedor do sufrágio.

O candidato e autarca de Lisboa chegou ao espaço pelas 20:30 e foi recebido pelos filhos, Pedro, e Catarina, que lhe entregou um cravo que o socialista colocou à lapela.

O presidente da comissão eleitoral das primárias do PS, Jorge Coelho, afirmou que o ato eleitoral registou uma afluência "maciça" de simpatizantes e militantes socialistas.

Seguro cumpre e sai de cena

O secretário-geral do PS, António José Seguro, reconheceu a derrota e felicitou António Costa pelo triunfo neste ato eleitoral.

"Cesso hoje as funções de secretário-geral do PS", declarou o líder socialista, dizendo estar "orgulhoso" pela realização das primeiras eleições primárias em Portugal.

"São a melhor comemoração do 25 de abril de 1974", declarou António José Seguro.