Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Alerta de atentado em Lisboa era falso

Portugal

  • 333

O Comando de Lisboa da PSP encerrou esta tarde o trânsito no quarteirão em redor da embaixada de Israel em Lisboa, após um alerta de que poderia existir um carro armadilhado nas imediações do edifício

As suspeitas recaíam sobre uma mala térmica, que poderia ter explosivos no seu interior. A polícia decidiu realizar uma explosão controlada e procedeu, por isso, ao corte de trânsito nas imediações da embaixada de Israel, situada na Rua António Enes.

Para o local foram mobilizadas equipas de Inativação de Engenhos Explosivos e de Intervenção Rápida, que confirmaram tratar-se de uma mala térmica. A situação ficou resolvida pouco depois das 17h30 não existindo, até ao momento, provas de que o alerta de atentado tivesse fundamento.

As autoridades continuarão a investigar o caso.