Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

A visita dos príncipes das Astúrias a Portugal em imagens

Portugal

  • 333

Felipe, herdeiro da coroa de Espanha, e Letizia terminam esta sexta-feira a visita oficial a Portugal. VEJA AS FOTOS DA VISITA

Maratona em Seuk, Coreia do Sul
1 / 10

Maratona em Seuk, Coreia do Sul

Desfile em Banguecoque, Tailândia
2 / 10

Desfile em Banguecoque, Tailândia

Taipei, Taiwan
3 / 10

Taipei, Taiwan

Cambodja em protesto por melhores salários
4 / 10

Cambodja em protesto por melhores salários

Milhares nas ruas em Kuala Lumpur, Malásia,
5 / 10

Milhares nas ruas em Kuala Lumpur, Malásia,

Dia de trabalho em Jammu, Índia
6 / 10

Dia de trabalho em Jammu, Índia

Jacarta, Indonésia
7 / 10

Jacarta, Indonésia

Amritsar, Índia
8 / 10

Amritsar, Índia

Sri Lanka
9 / 10

Sri Lanka

Paquistão
10 / 10

Paquistão

"Portugal é um país muito querido para a minha família, que em tempos passados e não fáceis, se sentiu muito bem acolhida, com grande afeto e hospitalidade, e sempre que o visitamos nos faz sentir igualmente bem-vindos e queridos. Portanto, a princesa [Letizia Ortiz Rocasolano] e eu vimos hoje a Portugal com a alegria que se sente ao regressar a uma casa acolhedora e próxima, onde temos grandes amigos", sublinhou quinta-feira o príncipe das Astúrias, Felipe de Borbón y Grécia, durante o banquete oferecido pelo Presidente da República no Palácio de Queluz.

"A dimensão ibérica dará às duas nações mais força e maior capacidade perante o futuro complexo que se antevê para os nossos povos e para a Europa", disse o príncipe das Astúrias, expressando, contudo, a sua "esperança" no futuro de Portugal e de Espanha, que deverá ser construído conjuntamente com os parceiros europeus.

O herdeiro da coroa espanhola, que se encontra em visita oficial a Portugal desde terça-feira a convite do Presidente da República, destacou ainda o aprofundamento do conhecimento entre portugueses e espanhóis nas últimas décadas, que permitiu "romper com muitos estereótipos" e descobrir que os problemas e as necessidades são semelhantes. "Espanhóis e portugueses precisam uns dos outros. Espanha deseja um Portugal próspero que enfrente o futuro com confiança, da mesma maneira que Portugal gosta de uma Espanha próxima e forte", disse.