Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bernardino Soares distribui empregos por autarcas da CDU de outros concelhos

Portugal

Direitos Reservados

Rede de nomeações e avenças da Câmara de Loures vai do gabinete do presidente às empresas detidas pela autarquia. Por outro lado, já chegaram à PGR dois pedidos de investigação a alegadas incompatibilidades de deputados municipais, responsáveis pela fiscalização do seu próprio trabalho

Nas palavras de quem acompanha o funcionamento da Câmara Municipal de Loures, a autarquia transformou-se numa “agência de emprego” para quem tem cartão de militante do PCP. Do gabinete do presidente aos demais departamentos locais, das empresas participadas aos serviços intermunicipalizados, são vários os autarcas eleitos nas listas da CDU, até de outras geografias do País, a serem nomeados ou a conseguirem avenças no concelho chefiado por Bernardino Soares.

Na lista, há um vereador de Sintra, outra de Vila Franca de Xira, um de Odivelas, uma quarta de Almada, um antigo candidato à Câmara de Gouveia (Guarda) e ainda um ex-presidente da Junta de Freguesia de Carnide (Lisboa). Sobre todos estes casos, Bernardino Soares nada diz.

Além disso, o presidente da Assembleia Municipal, o socialista Ricardo Leão, fez seguir para a Procuradoria-Geral da República (PGR) dois pedidos para que sejam investigadas alegadas incompatibilidades de deputados municipais eleitos pela CDU, que às funções de fiscalização da autarquia somam cargos nos gabinetes da Câmara Municipal, a gestão de empresas públicas locais e/ou a adjudicação de serviços de assessoria.

LEIA TODA A INVESTIGAÇÃO NA VISÃO DESTA SEMANA, QUINTA-FEIRA NAS BANCAS.