Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Coletes amarelos de todas cores

O jornalista Luís Ribeiro foi ler os comentários no grupo dos coletes amarelos em Portugal para o leitor não ter de o fazer. E descobriu uma coisa: efetivamente, não é um grupo homogéneo. A única coisa que os une é um domínio rasteirinho da língua portuguesa

São mais de 12 mil membros, todos predispostos a ir para a rua esta sexta-feira. Todos? Não. Uma rápida leitura pelos comentários na página de Facebook "Movimento Coletes Amarelos Portugal" revela que entre os irredutíveis coletes há um pouco de tudo: os que querem ir, os que querem ficar e os que hão de estar em espírito; os anti-esquerda e os antidireita (o que não significa que sejam pró-direita ou pró-esquerda); os violentos e os pacíficos; os que dizem que antes é que era bom e os que dizem "calma lá, que isso também não"; os que pedem mundos e fundos e os que pedem só e apenas que os corruptos sejam atirados da Ponte "Salazar". Resumindo, um movimento que, ao querer ser tudo, acaba por não ser nada. Aqui ficam alguns exemplos dos coletes amarelos que se preparam para ir para a rua. Ou não.

O colete revolucionário mas pragmático

"Proponho que as próximas datas sejam a um fim de semana. Sexta trabalho, não posso faltar, mas mal saia vou-me juntar" C.C.

O colete antissemita

" VENDEU-SE AOS JUDEUS ROTHSCHILDS!" R.V. sobre Durão Barroso

O colete falso antissemita

"Quem anda por detrás não são os Judeus, mas sim os falsos judeus (sionistas), templários, Jesuítas, Maçonaria, Iluminati!" B.Z.

O colete "eu até tenho amigos que são"

"Os judeus não fazem mal a ninguém. Eu tenho amigos judeus." A.M.M.

O colete que leva a "enchada"

"A melhor arma para uma revolucao é uma enchada" F.K.

Os coletes que discutem talheres

"Ainda me está entalado o gasto que um ministério teve em 2016 comprou um faqueiro para as suas jantaradas, esse faqueiro de não sei quantas peças em prata de lei num valor de 200 mil euros. É preciso ter lata, vejam lá se não podem comer no inox" V.O.

"Ou no alumínio ninguém morre desde que esteja limpo." S.F.

O colete que "vi-o" o governo dar o cu aos espanhóis

"Que vergonha o governo português dar o cu aos espanhóis , onde se vi-o dar agendas em espagnol e nem em português . Camões deve se voltar no caixão." N.C.

O colete do 24 de abril

" O 25 de abril 1974 foi o pior acontecimento em Portugal, por isso estamos na miséria e há tanto corrupto." A.B.

O colete "não me batam que eu tenho próteses"

"Quero deixar um alerta importante dirigido ao governo, psp e gnr. Pensem nisto antes de agir srs! Atenção!!!!!!! Muitos de nós temos várias intervenções cirúrgicas no corpo, tendo no meu caso próteses metálicas de grande extensão implantadas, aos olhos das pessoas ninguém percebe que somos reformados por invalidez, porque a roupa cobre as maselas. SE FOR CARREGADO PELAS AUTORIDADES, PODEREI FICAR TETRAPLÉGICO. SE TAL ACONTECER PODEM CONTAR QUE APONTO EM PRIMEIRO CUALPA PELAS CONSEQUÊNCIAS AO GOVERNO! Levarei o caso até as últimas consequências..." M.M.

O colete que quer fazer estragos

"A greve deve ser para fazer estragos." J.S.

O colete que não quer pagar estragos provocados pelos coletes

"Lembrando que os estragos vão ser pagos pelo dinheiro dos impostos. Ou querem aumentos ou querem pagar consertos" D.B.

O colete que quer proibir os rastos dos aviões

" E que tal proibir sobre os ceus de portugal e europa os ditos rastros quimicos (dita condensaçao)" R.A.L.

O colete sportinguista

"Só eu sei porque quê não fico em casa na sexta feira!!!!!" P.J.A.

O colete doente, por agora

"Não vou para a rua dia 21, mas nao vou porque não posso mutivos de saude por agora" J.S.

O colete Oliveira da Figueira

" Não é assim que se negoceia. Há que exigir 1200 para se conseguir 600..." F.G.

O colete pistoleiro

Um tiro no meio da testa ficava-lhe tão bem!" M.T. sobre o cronista Daniel Oliveira

O colete violento mas bem-educadinho

"Peço desculpa mas muito sinceramente às vezes violencia fazia falta neste país, sabe, como em muitos países se vê e por mais que não queiramos admitir, resulta, portanto, um pouco de violência não faria mal a ninguém, sejamos sinceros" S.R.

O colete constitucionalista

"Trairam Portugal...so por si..da direito a pena de morte....esta na constituicao." L.S.

O colete "vão sem mim que eu vou lá ter"

"Graças a Deus que o povo se está a unir. No meu caso em concreto no 21 não posso estar com mta pena minha estou fora do país sou motorista. Mas logo que chegue serei mais um." M.M.