Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Santana Lopes: "A minha intervenção política no PSD acabou"

Pedro Santana Lopes é perentório: o seu futuro político não passará mais pelo PSD. Numa importante entrevista à VISÃO, o ex-primeiro-ministro faz o balanço da sua relação com o partido e revela a conclusão inevitável a que chegou: "Acabou. Mas acabou mesmo!"

A decisão de Pedro Santana Lopes é irrevogável. A sua relação com o PSD, que dura há mais de 40 anos, acabou. Em entrevista à VISÃO, o ex-autarca de Lisboa e da Figueira da Foz anuncia que a sua vida política andará por outras paragens. Não se sabe ainda por onde. No PSD é que não. Criar um novo partido ou ir a eleições não são cenários que consiga pôr de parte. Pelo menos, para já.

Ao longo de quase duas horas, falou ainda da entrada da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa no Montepio e... do Sporting. Veja os momentos mais marcantes da entrevista neste vídeo.

LEIA A ENTREVISTA COMPLETA NA EDIÇÃO DA REVISTA VISÃO QUE CHEGA AMANHÃ ÀS BANCAS