Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ana Catarina Mendes: "Obrigada, António Costa! Obrigada, Mário Centeno!"

Portugal

Jos\303\251 Carlos Carvalho

Secretária-geral adjunta do PS faz um discurso de galvanização do partido para as várias eleições de 2019 e sublinha a disiciplina orçamental do atual Governo

Era um dos discursos mais aguardados do 22º Congresso Nacional do PS, mas acabou por ser um misto de revisão da matéria dada - com amplos elogios ao Governo - e um apelo à mobilização do partido para as legislativas,europeias e regionais da Madeira do próximo ano. Ana Catarina Mendes defendeu que António Costa é o "melhor herdeiro do legado da história" socialista, depois de recordar Mário Soares, António Arnaut e Edmundo Pedro.

A secretária-geral adunta recordou ainda a expressiva vitória do PS nas autárquicas do ano passado e enfatizou de seguida: "Temos de vencer 2019! Precisamos e vamos gahas as próximas eleições legislativas" Justificação? "Temos provas dadas no Governo, nas câmaras municipais e nas juntas de freguesia", sustentou.

Pelo meio, a mulher que é o braço direito do líder no Largo do Rato elogiou o percurso governativo, com particular enfoque na disciplina orçamental - o que também foi lido como um recado aos parceiros de governação, que tantas vezes criticam o facto de o PS ficar amarrado aos ditames europeus no que toca ao défice orçamental. Ana Catarina Mendes pensa de maneira diferente e atirou: "Obrigada, António Costa! Obrigada, Mário Centeno!"