Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Caso não haja obras na Ponte 25 de Abril, haverá restrições à circulação

Portugal

Acácio Madaleno

Presidente Presidente do Laboratório de Engenharia Civil (LNEC) esteve a ser ouvido no parlamento para explicar relatório que a VISÃO revelou e que pedia intervenção urgente na travessia

Catarina Guerreiro

Catarina Guerreiro

Editora Executiva

Caso não se avance para obras na Ponte 25 Abril, o trânsito terá de sofrer restrições. A informação foi avançada pelo Presidente do Laboratório de Engenharia Civil (LNEC) que esta quarta-feira de manhã esteve a ser ouvido no Parlamento, na comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas.

"Se não houvesse obras, admito que em quatro ou cinco anos seria necessário impor alguma restrição, o que no caso da 25 de Abril seria o comboio", disse Carlos Pina aos deputados que o quiserem ouvir na sequência do relatório divulgado pela VISÃO que aconselhava obras urgentes na travessia por existem fissuras em elementos estruturais Carlos Pina garante que neste momento não há perigo para os utentes e avisa que o LNEC está a acompanhar a situação. "O LNEC vai continuar a manter a atenção necessária para garantir as condições de segurança da Ponte 25 Abril".

Em março, o Governo anunciou uma verba de 18 milhões de euros para proceder a obras urgentes na Ponte 25 de Abril, depois de a VISÃO ter descoberto a existência de um relatório do LNEC dando conta dos graves riscos da travessia sobre o Tejo já detectados pelos peritos da Instituto de Soldadura e Qualidade que mensalmente faz inspeções à estrutura.