Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Deputados do PSD fazem veto silencioso a Fernando Negrão

Portugal

Marcos Borga

Social-democrata escolhido por Rui Rio para liderar a bancada parlamentar ficou pelos 39% dos votos dos colegas de bancada. Número de brancos e nulos revela também o desagrado com o novo presidente do partido

Fernando Negrão foi esta quinta-feira eleito líder do grupo parlamentar do PSD, mas não conseguiu mais de 35 votos favoráveis à sua candidatura. Os deputados sociais-democratas deram um sinal claro a Rui Rio de que não concordaram com o "empurrão" a Hugo Soares e responderam com 32 votos em branco e 21 nulos.

Na prática, o ex-ministro da Segurança Social, que tinha apoiado Pedro Santana Lopes nas diretas do partido, só conseguiu 39% dos votos expressos na urna colocada na Assembleia da República, ao passo que os parlamentares que não estiveram alinhados com a direção que se apresentou a sufrágio atingiram a fasquia de 61%.

Dos 89 deputados do PSD, só Pedro Pinto, antigo vice-presidente de Pedro Passos Coelho e líder da distrital de Lisboa do partido, não participou no ato eleitoral.

Recorde-se que no 37º Congresso do PSD, em entrevista ao Observador, o deputado disse que podia falar-se em vitória se fosse eleito "com mais um voto do que a maioria".

Importa saber que ilações Fernando Negrão retirará desta reduzida expressão de apoio dos seus pares e se Rui Rio estará disposto a contar com um líder parlamentar que não conseguiu unir a maior bancada do hemiciclo.