Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Veja aqui o vídeo e mais imagens captadas pelo bombeiro autor da foto que correu mundo

Portugal

Sara Rodrigues

O bombeiro Hélio Madeiras, da Força Especial de Bombeiros, que no domingo captou a imagem do fogo em Vieira de Leiria que se tornou rapidamente viral, partilhou com a VISÃO o vídeo que gravou no mesmo local e falou daquele dia

Hélio Madeiras, 36 anos, estava de prevenção no quartel de Bombeiros de Vieira de Leiria, no domingo, devido ao alerta vermelho decretado. Chegou pela manhã ao seu posto e, às 15 horas, veio o alerta de fogo em Vieira de Leiria. Hélio ficou no quartel, a fazer tudo o que era necessário para ajudar os colegas no terreno, porque pertence à Força Especial de Bombeiros (também conhecidos como canarinhos devido à cor amarela do fardamento) – onde é bombeiro e recuperador salvador, faz resgates no mar – e estava de alerta para ser chamado.

Pouco “antes das 18 horas subi à torre de vigia e fiz a foto e um vídeo com o telemóvel”, conta à VISÃO. Viu aquela imensa nuvem negra e a direção que o vento estava a tomar e só teve tempo de telefonar à mulher, também bombeira e que estava precisamente a combater o incêndio que ele estava a ver ao longe, para lher dar indicações “sobre a orientação do incêndio”, dado o vento que se fazia sentir. Depois disso o telefone tocou e a prevenção tornou-se em ação. Foi chamado para combater o incêndio em Cinfães.

“Passei por cenários horríveis. A A25 estava a arder quando passámos de carro”, conta. O caminho haveria de ser longo e com várias interrupções causadas pelos fogos que deflagraram na zona centro. Quando chegou ao destino as “condições eram complicadas”. Ficou sem conseguir utilizar o telefone, dada a quebras nas comunicações. Não chegou a receber as chamados dos familiares e amigos no dia do seu aniversário. A noite de combate às chamas foi longa. Na segunda-feira à noite conseguiu descansar, já no quartel de Oliveira de Frades, onde vai ficar de prevenção até à próxima quinta-feira, 19.

Hélio tirou a foto que correu meio mundo, inclusive foi publicada no twitter das Nações Unidas como alerta para as alterações climáticas, e fez o vídeo que está em cima. A quem o acusa de manipulação de imagem tem uma resposta: “de photoshop não percebo nada, não sou fotógrafo mas sim bombeiro”.

VEJA AQUI MAIS FOTOS DO MESMO MOMENTO

1 / 8

2 / 8

3 / 8

4 / 8

5 / 8

6 / 8

7 / 8

8 / 8