Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

E o "óscar" de melhor destino turístico europeu do ano vai para... Portugal

Portugal

John Schults

O porto de Lisboa também foi distinguido como o melhor de 2017 para cruzeiros, na cerimónia dos World Travel Awards para a Europa, hoje realizada na Rússia

Portugal ganhou, pela primeira vez, o prémio de melhor destino europeu dos World Travel Awards, os 'óscares do Turismo', numa cerimónia que decorreu este sábado, em São Petersburgo, na Rússia.

Segundo informação da Secretaria de Estado do Turismo, Portugal foi o país a receber mais distinções, "30% do total", que se traduziram em 37 'óscares', mais 13 do que em 2016. O prémio de melhor porto de cruzeiros da Europa foi atribuído a Lisboa e o Turismo de Portugal também levou a melhor, pela quarta vez consecutiva, na categoria de melhor organismo europeu oficial de turismo

A nível mundial, Lisboa está ainda nomeada para 'Melhor Destino City Break', 'Melhor Destino de Cruzeiros' e 'Melhor Porto de Cruzeiros'. As votações para estas categorias decorrem até 30 de outubro, em www.worldtravelawards.com, e a seleção dos nomeados é realizada à escala mundial, por mais de 200 mil profissionais de turismo, oriundos de 160 países. A votação cabe ao público em geral, sendo que os votos dos profissionais de turismo valem a dobrar.

Presente na cerimónia em São Petersburgo, a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, comentou que receber a distinção de melhor destino europeu "é um claro indício de que estamos no bom caminho, aquele que mostra a diversidade que temos para oferecer, de norte a sul, do litoral ao interior". Áustria, Reino Unido, França, Alemanha, Grécia, Irlanda, Itália, Noruega, Espanha, Suécia, Suíça e Turquia eram os outros países nomeados.

O porto de Lisboa recebeu outro prémio de grande prestígio, pela qualidade de serviços e infraestruturas disponíveis para os turistas que visitam e fazem escala na cidade. No ano passado, passaram pelo cais lisboeta 522 mil turistas de cruzeiros, dos quais 472 mil em trânsito.

Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, também manifestou o "enorme orgulho" nas distinções, que refletem "uma notoriedade e reputação inigualáveis" do setor em Portugal.