Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

António Mendonça Mendes substitui Rocha Andrade nos Assuntos Fiscais

Portugal

  • 333

António Mendonça Mendes

DR

O irmão da Secretária-Geral-adjunta do PS, Ana Catarina Mendes, será ser o peso político da equipa de Mário Centeno, nas Finanças

António Mendonça Mendes, 40 anos, presidente Federação Distrital de Setúbal e irmão de Ana Catarina Mendes, foi o nome escolhido para assumir a pasta dos Assuntos Fiscais, deixada vaga por Rocha Andrade.

Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, advogado na AM e Associados (onde é sócio de Francisco André, que foi chefe de Gabinete de Jorge Lacão e de André Miranda, filho do constitucionalista Jorge Miranda e também ele ex-adjunto de Jorge Lacão), tem mais experiência política do que os restantes secretários de Estado do ministério das Finanças. Depois de ter vivido por Macau, onde começou a sua carreira de advogado, também passou, como os seus sócios, por vários gabinetes ministeriais (foi, entre outros, chefe de gabinete da então secretária de Estado dos Transportes, Ana Paula Vitorino).

Chegou a diretor da REFER (Rede Ferroviária Nacional), com a pasta dos Recursos Humanos, numa nomeação polémica, atribuída à suas ligações ao PS. Também tem no currículo uma passagem pelo grupo Geocapital (ligado ao Stanley Ho e do qual Diogo Lacerda Machado foi administrador), onde foi advogado interno.

Como Sócio da AM e Associados, refere a sua nota biográfica, tem colaborado ultimamente com vários clientes nacionais e estrangeiros, com especial relevo nos setores dos Transportes, Portuário, Saúde e Proteção Social.

Ao contrário de Fernando Rocha Andrade (também jurista, mas doutorado em Assuntos Fiscais), António Mendonça Mendes não tem passado conhecido nessa área. Tem, no entanto, e à semelhança do seu antecessor, peso no seio do Partido Socialista. Não por ser irmão de Ana Catarina Mendes, número dois do partido, mas por liderar a Federação Distrital de Setúbal.

António Mendonça Mendes. É este o nome que António Costa conta apresentar ao Presidente da República, ao final desta tarde.