Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vespas mortíferas já mataram 42 na China

Mundo

  • 333

Enxames de vespas agressivas estão a assustar os moradores da província de Shaanxi, no centro da China, onde 42 pessoas já morreram e 37 estão em estado grave

Segundo as autoridades locais, já foram picadas mais de 1.670 pessoas desde o passado mês de julho, em três cidades da província de Shaanxi. Os ataques já provocaram 42 mortes e 37 vítimas encontram-se ainda em estado considerado grave.

"As vesperas eram horríveis", relata uma das vítimas, Mu Conghuiu, que foi picada enquanto trabalhava na sua plantação de milho, à agência de notícias Xinhua. "Atingiram-me na cabeça e cobriram as minhas pernas. De repente, fui picada e não conseguia mexer-me", recorda. Dois meses depois do ataque, e de ter levado 200 pontos, Mu Conghuiu continua hospitalizada e incapaz de movimentar as pernas.

O veneno das vespas pode provocar reações alérgicas graves, levando mesmo à falência de vários órgãos. Tal como Mu Conghuiu, várias vítimas têm estado a ser submetidas a tratamentos de diálise com vista a remover as toxinas do corpo. 

As autoridades chinesas confirmam tratar-se de uma espécia particularmente venenosa de vespas, conhecia como a "gigante asiática" ou "Mandarina", que pode atingir os 3,9 centímetros de comprimento e que se encontram em época reprodutiva.

Os habitantes da província afetada estão a ser alertados para usar mangas compridas e não tentar afastar os enxames.