Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Uma das sequestradas de Cleveland recusa-se a ver a família

Mundo

  • 333

Enquanto Amanda Berry e Gina DeJesus tentam voltar à normalidade, nos seus lares, depois de 10 anos prisioneiras, Michelle Knight, a primeira a ser sequestrada, não quis ainda ver os familiares

A sua avó, Deborah Knight, é a imagem do desconsolo, enquanto conta aos jornalistas que a jovem de 23 anos se tem recusado a ver a família. Nem a própria mãe, Barbara Knight, esteve com Michelle desde a sua libertação, na última segunda-feira. Enquanto Amanda Berry e Gina DeJesus já puderam dormir em casa, rodeadas pelos seus familiares, Michelle ainda se encontra hospitalizada.

O caso desta jovem tem alguns contornos diferentes do de Amanda Berry e Gina DeJesus: A primeira a ser sequestrada, depressa as autoridades desistiram de encontrá-la, ao contrário do que aconteceu com as outras duas jovens, porque a polícia acreditou que Michelle tinha simplesmente fugido de casa, depois de perder a custódia do seu filho, Joseph Knight, fruto de uma violação.

A avó garante, no entanto, que a família nunca deixou de a procurar e de colar cartazes com a sua foto. Mas as vigílias que se realizaram, ano após anos, em cada aniversário do desaparecimento das outras duas jovens, nunca incluiram Michelle.

Segundo a CNN, as jovens puderam ver na televisão as imagens destas vigílias o que, acredita a avó, pode ter levado Michelle a sentir que a família não se preocupava com o seu paradeiro. 

Michelle desapareceu a 23 de agosto de 2002, depois de visitar um primo., muito perto do local onde, quase um ano depois, Amanda Berry foi vista pela última vez e também nas imediações do local de onde desapareceu Gina DeJesus.