Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Uma colher debaixo da roupa para evitar um casamento forçado

Mundo

Reuters

De acordo com um grupo britânico de defesa dos direitos das mulheres, um número considerável de jovens conseguiu evitar viagens que as levariam a casamentos forçados escondendo colheres na roupa interior para não passarem na segurança do aeroporto e assim ganharem tempo

Segundo o The Guardian, o grupo britânico Karma Nirvana, que apoia vítimas de casamentos forçados, encontrou uma solução tão engenhosa quanto simples para ajudar mulheres que estejam a ser obrigadas a sair do país para casar. Às vítimas destes esquemas que ligam a pedir ajuda, aconselham a esconder uma colher na roupa interior de forma a fazer disparar os detetores de metal dos aeroportos britânicos e conseguirem assim mais tempo para contactar as autoridades.

"Quando passam pela segurança, torna-se percetível um objeto nas partes íntimas e serão levadas para um local seguro onde têm uma última oportunidade de revelar que estão a ser obrigadas a casar", explicou à AFP Natasha Rattu, do Karma Nirvana.

Os dados oficiais do governo britânico apontam para 400 casos de jovens forçadas a casar só entre junho e agosto do ano passado, de um total de 1.500 por ano, o que levou a um alerta de perigo para as estudantes durante este período, que corresponde às férias. Do total de casamentos forçados de cidadãs britânicas, mais de um terço corresponde a menores de 16 anos.