Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Um voo longo de mais?

Mundo

Álvaro Rosendo

A companhia Emirates vai lançar, no próximo ano, um voo diário entre o Dubai e o Panamá com uma duração de 17 horas e 35 minutos

São 13 800 quilómetros ou, se alguém arriscasse a abrir uma rota idêntica a partir de Lisboa, o equivalente à ligação da capital portuguesa até à cidade de Rio Grande, na Terra do Fogo, Argentina, no extremo da América do Sul. O novo voo da Emirates vai ter uma frequência diária e será inaugurado, no próximo ano, por um dos maiores aviões do mundo, um Boeing 777-200LR.

A nova rota vai destronar aquele que era conhecido como o voo mais longo e sem interrupções da história da aviação comercial, ligando Sydney a Dallas, operado pela Qantas Airlines. Com o acréscimo de 35 minutos, conseguiríamos ocupar o mesmo tempo assistindo aos filmes Fanny e Alexander, Napoleão e Os Miseráveis ou a uma temporada completa da série 24.

COMPARAÇÔES:

- Cerca de 17 horas foi também o tempo que durou a cimeira mais longa da história da União Europeia, em julho, em que se acordaram as bases para o terceiro resgate financeiro à Grécia.

- A rotação completa do planeta Urano dura quase o mesmo tempo que este voo da Emirates: 17 horas e 52 minutos. É o tempo de um dia no sétimo planeta do sistema solar.

- A sessão de inquérito parlamentar ao BES, onde foi ouvido Ricardo Salgado, prolongou-se durante cerca de 17 horas.

- Em 2014, cada brasileiro ficou, em média, 17 horas e 37 minutos sem energia elétrica, devido aos "apagões" que flagelam o país.

- A viagem de carro de Lisboa a Marselha, no sul de França, dura 17 horas e 35 minutos, cumprindo as regras de segurança e respeitando os limites de velocidade.