Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

'Troika' aprovou nova 'tranche' de 4 mil milhões para Portugal

Mundo

  • 333

A quarta revisão do programa de assistência a Portugal foi positiva e a 'troika' aprovou a transferência de mais uma tranche de quatro mil milhões de euros, anunciou esta manhã o ministro das Finanças

"Cumprimos todos os critérios quantitativos e objetivos estruturais. A missão [da 'troika'] recomendou o desembolso da quarta tranche" , disse Vítor Gaspar numa conferência de imprensa em Lisboa, onde apresentou as conclusões do quarto exame da 'troika' (Banco Central Europeu, Comissão Europeia e Fundo Monetário Internacional) à evolução do programa contratado com Portugal.

Dívida a subir 

 A dívida pública portuguesa vai atingir os 118% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2013 e não os 115 anteriormente previstos, anunciou o ministro.

"As nossas previsões atuais estão em linha com o objetivo para o défice orçamental em 2013 (3 % do PIB). A dívida pública deverá atingir  um máximo de 118% do PIB em 2013, e reduzir-se-á continuadamente  anos seguintes", disse Vítor Gaspar. "Esta revisão de três pontos percentuais decorre da revisão do PIB nominal  para 2013, da execução do programa de apoio à economia local, de revisões  contabilísticas entretanto efetuadas à dívida pública no final de 2011 e  de alguns outros fatores de importância quantitativa menor", explicou. 

Privatizações

Vitor Gaspar anunciou que a venda da TAP e da ANA deverão ser concluídas ainda este ano, tendo a venda da CP Carga sido adiada para 2013.

"Após o sucesso das privatizações da REN e da EDP, esperamos concluir a venda da TAP e da ANA ainda este ano. A venda da CP Cargo foi adiada" para o próximo ano, disse o ministro, assegurando que Portugal continuará "o ambicioso programa de privatizações, que tem demonstrado o interesse de investidores internacionais na nossa economia"

Em atualização