Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Três sequestradas de Cleveland falam pela primeira vez após a libertação

Mundo

  • 333

As três mulheres mantidas em cativeiro durante uma década, em Cleveland, publicaram um vídeo no YouTube, agradecendo todo o apoio que têm recebido. É a primeira vez que falam publicamente desde que foram libertadas. VEJA O VÍDEO

Dois meses depois de terem sido resgatadas, Amanda Berry, Gina DeJesus e Michelle Knight dirigem-se a todos os que as apoiaram num vídeo que colocaram no YouTube na segunda-feira.

"Quero agradecer a todos os que me ajudaram e à minha família ao longo desta experiência, a todos os que nos apoiaram. Tem sido uma benção ter tanto amor e bondade", diz Amanda Berry, que foi raptada a 16 de abril de 2006 e tem uma filha de seis anos, filha do sequestrador.

Gina DeJesus, que tinha 14 anos quando desapareceu, em 2004, repete o agradecimento, assim como Michelle Knight, sequestrada com 21 anos, em agosto de 2002.

As três mulheres foram mantidas em cativeiro por Ariel Castro, que as agrediu, violou e fez passar por várias privações ao longo de uma década. Foram libertadas em maio, depois de Amanda Berry ter conseguido pedir ajuda.

O vídeo representa a primeira vez que Amanda Berry, Gina DeJesus e Michelle Knight falam publicamente desde a libertação e também a última, avisam. "Ter a minha privacidade tem ajudado muitíssimo. Peço a todos que continuem a respeitar a nossa privacidade e que nos dêem tempo para levar uma vida normal", apela Berry.

A próxima audiência de Ariel Castro, acusado de 329 crimes, está marcada para 24 de julho.