Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tiroteio faz três mortos em fábrica onde trabalham dezenas de portugueses

Mundo

AP

Dezenas de portugueses trabalham na fábrica de madeiras na Suíça onde um tiroteio fez três mortos e sete feridos

Dezenas de portugueses trabalham na fábrica de madeiras na Suíça onde hoje um tiroteio fez vários mortos e feridos, disse à Lusa o diretor de um jornal lusófono da região.

Adelino Sá, que além de dirigir a "Gazeta Lusófona", de Lucerna, trabalha num sindicato da região, afirmou que são várias dezenas os portugueses a trabalhar naquela empresa de compostos de madeira, a Kronospan, embora não pudesse para já avançar um número concreto.

Pelo menos três pessoas morreram e sete ficaram gravemente feridas num tiroteio numa fábrica de madeira em Menznau, no cantão suíço de Lucerna, disse hoje fonte policial citada pelo jornal Lüzerner Zeitung.

Um porta-voz da polícia local fez um primeiro balanço do tiroteio, que ocorreu pelas 09:00 locais (08:00 em Lisboa), referindo que o atirador está entre os mortos.

O tiroteio ocorreu na empresa , que fabrica produtos de aglomerado de madeira, na localidade de Menznau.