Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Suspeito dos atentados em Boston responde por escrito às autoridades

Mundo

  • 333

Getty Images

Sem conseguir falar, devido a uma lesão da garganta, o  suspeito dos ataques na maratona de Boston, Djokhar Tsarnaev, começou a responder a perguntas de investigadores federais por escrito

Dzhokhar Tsarnaev foi detido e hospitalizado em estado grave na sexta-feira à noite, depois de 24 horas de buscas intensivas.

O jovem de 19 anos e origem chechena é suspeito de ser coautor, - em conjunto com o irmão Tamerlan Tsarnaev, que morreu num tiroteio com a polícia na madrugada de quinta para sexta-feira -, de dois atentados à bomba na maratona de Boston, no dia 15 de abril, que matou três pessoas e feriu outras 180.

A NBC News citou autoridades federais que informaram que, apesar de uma lesão na garganta que o impedia de falar, Dzhokhar Tsarnaev tinha começado a responder às perguntas dos investigadores.

A ABC, por sua vez, indicou que o jovem respondeu "esporadicamente" por escrito e que, de acordo com fontes policiais anónimas, os investigadores questionaram sobre possíveis cúmplices e bombas não acionadas.

Uma fonte policial citada pelo jornal USA Today também informou que o suspeito estava acordado e respondeu por escrito.

Segundo aquele jornal, os investigadores terão falado sobre a possibilidade de a lesão no pescoço de Dzhokhar Tsarnaev ter sido autoinfligida.

Durante o dia de domingo, o chefe da polícia de Boston, Ed Davis, disse à imprensa que o suspeito estava "em estado grave, mas estável".