Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Suíço admite ter abusado de mais de 100 crianças com deficiência

Mundo

A polícia suíça divulgou hoje que um homem de 54 anos admitiu ter abusado de mais de 100 crianças portadoras de deficiência, que residiam em lares na Suíça e na Alemanha.

A polícia do cantão de Berna precisou que os abusos ocorreram em nove instituições diferentes, onde o homem, cuja identidade não foi divulgada, trabalhava como terapeuta desde a década de 80.

A responsável pela unidade especial de investigação da polícia de Berna, Gabriele Berger, indicou, em declarações à comunicação social local, que existem provas contra o alegado pedófilo, nomeadamente fotografias e vários filmes em vídeo que documentam os abusos.