Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sueca acusada de usar ossos humanos para fins sexuais

Mundo

Reuters

No apartamento da mulher, de 37 anos, foram encontrados seis crânios entre 100 outras partes do esqueleto humano

Segundo a agência de notícias sueca TT, a mulher enfrenta acusações de necrofilia, depois de a polícia ter encontrado cerca de 100 ossos no seu apartamento, que usaria em "situações sexuais". As autoridades encontraram ainda fotografias da suspeita a beijar e abraçar os crânios.

A mulher nega as acusações e alega que colecionava os ossos, que compraria através da Internet, por "interesse histórico".

De acordo com o jornal Goteborgs-Posten, a acusada tinha expressado num fórum online o desejo de viver com um esqueleto. "Desejo um homem como ele é, seja vivo ou morto. Permite que eu encontre a felicidade sexual paralelamente", terá escrito.

O julgamento está marcado para a próxima semana.