Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sobreviventes precipitam-se sobre armazém de arroz e morrem esmagados

Mundo

  • 333

Associated Press

Milhares de pessoas invadiram um armazém de arroz numa das ilhas filipinas devastadas pelo tufão Haiyan. Pelo menos oito morreram esmagadas na sequência do colapso de uma parede

Sem água, sem comida, sem medicamentos, a população das Filipinas vive dias de desespero desde que o arquipélago foi atingido pelo Haiyan. Cinco dias depois de uma das fortes tempestades tropicais de sempre, as equipas de emergência não conseguem fazer face às necessidades, com dezenas de milhares de casas destruídas. 

Na ilha de Leyte, milhares de pessoas precipitaram-se sobre um armazém de arroz, de onde conseguiram retirar, segundo os responsáveis pelo município de Alangalang, cerca de 100 mil sacos de arroz. A invasão resultou no desabamento de uma das paredes do edifício, provocando a morte a, pelo menos oito pessoas.

Desde a passagem do Hayan, a população tem invadido casas, lojas e supermercados em busca de comida, água e outros bens, sem que as autoridades estejam a conseguir impedir os saques.