Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sobe para 77 número de mortos em descarrilamento em Compostela

Mundo

  • 333

Reuters

O descarrilamento de um comboio de alta velocidade esta noite em Santiago de Compostela fez pelo menos 77 mortos e mais de 100 feridos VEJA AS FOTOS

Chegue atrasado Por duas razões: Em primeiro lugar para evitar ter de fazer sala com aquela colega aborrecida com quem nunca trocou uma palavra e que é sempre a primeira a chegar; E em segundo, porque, assim, quando chegar, todos terão uma desculpa para interromper as conversas de circunstância: "Olha quem chegou!"
1 / 14

Chegue atrasado Por duas razões: Em primeiro lugar para evitar ter de fazer sala com aquela colega aborrecida com quem nunca trocou uma palavra e que é sempre a primeira a chegar; E em segundo, porque, assim, quando chegar, todos terão uma desculpa para interromper as conversas de circunstância: "Olha quem chegou!"

Nunca se ofereça para planear... e muito menos para limpar Os "homens a sério", garante a GQ, deixam os detalhes sujos para os outros, porque estão ocupados a ter ideias fantásticas
2 / 14

Nunca se ofereça para planear... e muito menos para limpar Os "homens a sério", garante a GQ, deixam os detalhes sujos para os outros, porque estão ocupados a ter ideias fantásticas

Leve sempre um acompanhante É a melhor desculpa para ser anti-social
3 / 14

Leve sempre um acompanhante É a melhor desculpa para ser anti-social

Guarde as substâncias ilícitas para quando o patrão estiver a falar Pode querer sair dalí quando estiver a ouvir falar do ótimo desempenho da empresa que em nada reverte para si
4 / 14

Guarde as substâncias ilícitas para quando o patrão estiver a falar Pode querer sair dalí quando estiver a ouvir falar do ótimo desempenho da empresa que em nada reverte para si

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial
5 / 14

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial
6 / 14

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial
7 / 14

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial
8 / 14

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial
9 / 14

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial
10 / 14

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial
11 / 14

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial
12 / 14

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial
13 / 14

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial
14 / 14

Se não houver um «depois da festa», faça com que haja Só para o caso de precisar desanuviar depois da festa oficial

Segundo a imprensa espanhola, há pelo menos 77 mortos a registar e mais de 100 pessoas ficaram feridas.

A composição transportava cerca de 240 pessoas e descarrilou cerca das 20:40 (19:40 em Lisboa), numa curva pronunciada à entrada da estação de Santiago de Compostela.

Segundo os primeiros relatos e fotografias publicadas pela imprensa espanhola, havia pelo menos dez cadáveres espalhados pelos carris, cobertos com mantas.

No local eram também visíveis vários feridos, assistidos no local pelas equipas de emergência.

O El Mundo escreve que, segundo as equipas de emergência, a prioridade é retirar as pessoas que estão no interior das carruagens afetadas.

Fontes do complexo hospitalar universitário de Santiago de Compostela disse à agência Efe que o número de feridos atendidos nas suas instalações é de pelo menos 50.

Pelo menos 13 carruagens do comboio estavam viradas, com a penúltima destruída e a última em chamas. Socorros adicionais dos serviços de emergência e dos bombeiros dirigiam-se para o local.

O acidente ocorreu no primeiro dia da "ponte" do Dia da Galiza e horas antes da grande festa de Santiago de Compostela, que foi entretanto suspensa.