Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Serra Leoa mais perto de se livrar do vírus do Ébola

Mundo

Foto: Reuters

As autoridades de saúde da Serra Leoa anunciaram que esta segunda-feira deram alta à última paciente conhecida com o vírus do ébola naquele país

Adama Sankoh, de 40 anos, recebeu esta segunda-feira, à saída do hospital, um certificado das mãos do presidente Ernest Bai Koroma que comprova que está finalmente livre do ébola, sendo assim a última paciente conhecida com o vírus. 

Foi o filho de Adama que a contagiou após ter contraído o vírus em Freetown, a capital da Serra Leoa. Adama agradeceu à saída do centro de tratamentos da vila de Mateneh, todo o apoio que lhe foi prestado enquanto estava doente e embora tenha perdido o filho, estava feliz por ter sobrevivido. 

Ernest Bai Koroma referiu na cerimónia de entrega do certificado que a luta contra o vírus do ébola no país ainda não terminou e aconselhou a população a continuar com a rotina diária normal. 

Para a Organização Mundial de Saúde emitir uma declaração oficial que comprove que o país está livre do vírus, a Serra Leoa terá que passar 42 dias - o equivalente a dois períodos de incubação de 21 dias - sem novos casos. Se for declarada livre de transmissão, a Guiné  Conacri será o único país com pessoas infetadas. O vírus já matou no país 4000 pessoas desde que o surto começou em 2014.