Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Reino Unido pode só ter gás para menos de dois dias

Mundo

  • 333

Reuters

Os consecutivos mínimos históricos que as temperaturas no país têm atingido, a que se junta mais um nevão, poderão esgotar as reservas de energia britânicas num prazo de dezenas de horas, noticia a imprensa nacional

A primavera não trouxe uma melhoria do tempo para os países do norte da Europa. O manto branco, que ainda cobre o Reino Unido, levou milhões de britânicos a consumirem mais gás do que estava previsto para a época.

Apesar de o governo britânico já ter garantido que as necessidades de energia estão asseguradas, a SSE, empresa líder do sector, deixou o aviso de que o país corre o risco de ficar sem gás. Em menos de dois dias, a sétima maior economia do mundo pode ficar sem reservas de energia, o que provocou uma subida exponencial nos preços do gás e electricidade. 

"Nós somos a economia ocidental que conta com menos reservas de energia para as quantidades que consome", afirmou Peter Atherton, um analista da Liberum Capital.

No início de 2013, o Reino Unido ainda tinha 86% das reservas, mas no início de março já contava com menos de 20%. Normalmente o país tem quinze dias de armazenamento de energia, menos de um sexto dos níveis dos países da Europa Central. Já os Estados Unidos têm capacidade para armazenar o equivalente a seis meses de energia.

A previsão do tempo para o fim de semana é de mais neve para o Reino Unido, que provavelmente terá de importar gás em estado líquido da Noruega.