Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

'Prioridade se Bashar al-Assad cair é salvaguardar armas químicas'

Mundo

  • 333

O secretário da Defesa dos Estados Unidos, Leon Panetta, afirmou, esta quinta-feira, que uma das prioridades de Washington e da comunidade internacional é conter as armas químicas, caso o Presidente sírio, Bashar al-Assad, abandone o poder

Trata-se de uma "discussão que temos de ter não apenas com os israelitas, mas também com outros países na região, no sentido de analisar que medidas devem ser tomadas para proteger esses locais e de modo a que [as armas químicas] não acabem nas mãos erradas", afirmou Panetta, numa conferência de imprensa que também contou com o general Martin Dempsey.

O secretário da Defesa dos Estados Unidos realçou que o maior desafio, até ao momento, "é ver que medidas a comunidade internacional pode adotar para que quando Assad abandonar o poder haja um processo e procedimentos" a seguir, no sentido de proteger os locais onde estão armazenadas as armas químicas na Síria.

Panetta afirmou ainda que, agora, não está a ser equacionada a possibilidade de serem destacados militares para o terreno para esse fim, quando questionado pelos jornalistas, apesar de ter frisado que tal irá depender também do que "acontecer numa transição".