Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Político norte-americano diz que andar de bicicleta polui mais do que de carro

Mundo

  • 333

Reuters

Um representante do estado de Washington alega que andar de bicicleta é prejudicial para o ambiente, pelo que os ciclistas deveriam pagar um imposto. Confira aqui o seu argumento

Num e-mail de resposta ao proprietário de uma loja de bicicletas, a propósito da proposta de um imposto ambiental sobre estes veículos, Ed Orcutt defende que os ciclistas poluem o ambiente porque emitem mais dióxido de carbono que os condutores de automóveis. Confuso? O político explica: os ciclistas têm as frequências cardíaca e respiratória aumentadas, pelo que o ato de andar de bicicleta "resulta numa maior emissão de dióxido de carbono". "Como o CO2 é um gás responsável pelo efeito de estufa e um poluente, os ciclistas estão, na realidade, a poluir" o ambiente.

O e-mail chegou no início da semana à redação do  The Huffington Post, que noticia esta quarta-feira que o senador já pediu desculpa pelo comentário, dizendo que, ao olhar para trás, "não era um ponto que merecesse ser mencionado".

O comité para os transportes de que Ed Orcutt faz parte propõe um imposto de 5% sobre as bicicletas que custem mais de 500 dólares (380 euros), no estado de Washington, uma vez que atualmente só os automobilistas pagam as estradas, incluindo as ciclovias.