Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Patrão da máfia terá sido espancado e servido a porcos

Mundo

  • 333

A polícia italiana captou uma conversa telefónica com o suposto assassino de Francesco Raccosta, que se gaba de o ter agredido antes de o fazer servir de alimento para porcos, quando ainda estava vivo

Franceso Raccosta está desaparecido desde março de 2012, mas o corpo nunca foi encontrado. Agora, as autoridades detiveram o alegado assassino depois de terem posto o seu telefone sob escuta, acabando por captar um diálogo em que falava da morte de Raccosta.

"Foi tão gratificante ouvi-lo gritar", contava o alegado assassino, recordando ainda o macabro detalhe de que, "no fim,  não sobrou nada". 

O homicídio de Francesco Raccosta terá sido um dos cinco que tiveram lugar como retaliação pela morte do patrão um grupo mafioso rival, Domenico Bonarrigo, mais um episódio da guerra entre fações da mafia calabresa.