Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Paris proíbe topless e ameaça com prisão quem mostrar demais

Mundo

  • 333

Pode vestir o seu melhor fato-de-banho e estender a toalha nas margens do Sena, agora transformadas em praias artificais. Mas cuidado para não mostrar demais, sob pena de ter de pagar uma multa que pode ir até mais de 3.700 euros. Ou mesmo ser detido. VEJAS AS FOTOS das praias artificiais de Paris

Maratona em Seuk, Coreia do Sul
1 / 10

Maratona em Seuk, Coreia do Sul

Desfile em Banguecoque, Tailândia
2 / 10

Desfile em Banguecoque, Tailândia

Cambodja em protesto por melhores salários
3 / 10

Cambodja em protesto por melhores salários

Milhares nas ruas em Kuala Lumpur, Malásia,
4 / 10

Milhares nas ruas em Kuala Lumpur, Malásia,

Dia de trabalho em Jammu, Índia
5 / 10

Dia de trabalho em Jammu, Índia

Taipei, Taiwan
6 / 10

Taipei, Taiwan

Jacarta, Indonésia
7 / 10

Jacarta, Indonésia

Amritsar, Índia
8 / 10

Amritsar, Índia

Sri Lanka
9 / 10

Sri Lanka

Paquistão
10 / 10

Paquistão

Por esta altura, os parisienses começam a encher os parques e as praias artificais criadas ao longo do rio Sena para fazer face ao calor do verão, mas as autoridades francesas avisam que tencionam punir quem não se mantiver vestido de forma decente.

Num comunicado publicado no site da polícia de Paris, podem encontrar-se as regras para apanhar sol sem arriscar multas ou mesmo prisão.

"Quando os termómetros sobem alguns graus [não é proibido] vestir o seu melhor fato-de-benho e encontrar um cantinho de relva ou nas acolhedoras margens do Sena para estender a toalha", refere o comunicado. Mas, a partir daí, há que seguir alguns mandamentos: fatos-de-banho só mesmo nas praias (e não nos parques) e, em qualquer dos casos, a roupa deve ser "decente e de acordo com a boa moral e a ordem pública".

Para os prevaricadores, estão previstas multas que vão dos 38 aos 3.750 euros. Mas há mais:"Qualquer vestimenta que mostre a área genital ou os seios constitui exbicionismo sexual e é punível com um ano de prisão"