Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Papa Francisco: 'Quem sou eu para julgar os gays?'

Mundo

  • 333

Reuters

Já no avião de regresso a Itália, depois da visita ao Brasil, o papa Francisco falou com os jornalistas, demonstrando uma posição bem mais conciliadora sobre o tema da homossexualidade do que o seu antecessor

"Se uma pessoa é gay e busca Deus e tem boa vontade, quem sou eu para julgá-la?", comentou o Papa Francisco, segundo a BBC, durante o voo de regresso do Brasil, onde participou nas Jornadas Mundiais da Juventude. 

Há cinco meses no cargo de líder máximo da Igreja Católica, o Papa defendeu claramente que os homossexuais devem ser "plenamente aceites" e "integrados" na sociedade. 

Em declarações aos jornalistas a bordo, o pontífice ainda abordou o tema do papel das mulher na Igreja, defendendo que este não ser limitado.