Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ordem católica acusada de abusos sexuais de menores na Austrália

Mundo

  • 333

Quinze religiosos de uma ordem católica terão cometido os abusos sexuais entre 1950 e 1980 contra cerca de 40 menores, tendo causado a morte a, pelo menos, dois deles

Cerca de 15 religiosos de uma ordem católica terão cometido abusos sexuais na Austrália entre 1950 e 1980 contra cerca de 40 menores, tendo causado a morte a, pelo menos, dois deles, revela uma investigação citada pela imprensa local.

Os abusos terão sido cometidos em orfanatos e centros de acolhimento de deficientes mentais geridos pela Ordem de São João de Deus em Victoria, de acordo com o grupo de comunicação Fairfax, que cita uma investigação do Parlamento daquele Estado australiano realizada por um grupo de apoio a vítimas de abusos sexuais por religiosos, o Broken Rites.

De acordo com o líder da investigação, Wayne Chamley, as vítimas tinham entre sete e 15 anos e dois órfãos foram mortos na década de 60 por membros da mesma ordem, um ao ser empurrado para umas escadas e outro que foi encontrado morto na sua cama.