Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Novo líder chinês promete duplicar o rendimento da população até 2020

Mundo

  • 333

O novo líder do Partido Comunista Chinês (PCC), Xi Jinping, prometeu "trabalhar arduamente para assegurar que, no final desta década, o rendimento da população seja o dobro de 2010", noticiaram esta sexta-feira os principais jornais do país

"Toda a gente fala sobre um 'sonho chinês'. A renovação da nação chinesa é o maior sonho do país desde o inicio da era moderna", disse Xi Jinping durante uma visita ao Museu Nacional da China, na Praça Tiananmen, em Pequim, acompanhado pelos outros seis membros do Comité Permanente do Politburo do PCC, a cúpula do poder.

Xi Jinping, de 59 anos, substituiu há duas semanas o Presidente Hu Jintao no cargo de secretário-geral do PCC.

Na visita à exposição "O caminho para a renovação", patente naquele museu, Xi Jinping considerou "vital prosseguir a via do socialismo com características chinesas", iniciada há 33 anos com a política de "Reforma e Económica e Abertura ao Exterior".

"É tão difícil encontrar o caminho certo, é nesta via que prosseguiremos resolutamente a nossa causa", disse.

Xi Jinping é também presidente da Comissão Militar Central do PCC e em março de 2013 deverá assumir igualmente o cargo de Presidente da República Popular da China, completando a ascensão ao topo do poder de uma nova geração de lideres.

O "número dois" do Comité Permanente do Politburo, Li Keqiang, de 57 anos, deverá então ser nomeado primeiro-ministro.

No 18.º congresso do PCC, de 08 a 14 de novembro passado, o partido apontou como objetivo estratégico "completar em 2020 a construção de uma sociedade moderadamente próspera em todos os aspetos".

A China é já a segunda maior economia do mundo e o maior exportador, à frente do Japão e da Alemanha, mas devido à população (cerca de 1.340 milhões), o valor do Produto Interno Bruto 'per capita' rondará apenas os 6.000 dólares.